Dúvidas Frequentes

Logo abaixo você encontra (quase) todas as informações necessárias para saber como funciona o trabalho da Associação Anjos da Alegria®. Navegue à vontade e caso algo ainda não esteja claro para você, envie-nos um e-mail. Tudo bem? :)

 
 

A Associação

1Qual o endereço da Associação Anjos da Alegria®?
A Associação Anjos da Alegria® não possui uma sede física própria. Nossa atuação acontece dentro dos hospitais, asilos e em determinados eventos (locais).
Quando precisamos nos reunir, temos locais específicos a serem definidos e divulgados.
Caso precise nos contatar para maiores esclarecimentos deste assunto, basta clicar na aba “contato” do nosso website e nos enviar uma mensagem, ou envie mensagem privada para nossa página do Facebook (www.facebook.com/anjosdaalegria).
Responderemos você, assim que possível.
2Em quais cidades a Associação Anjos da Alegria® atua?
Os Anjos da Alegria® atuam nas cidades de Americana, Santa Bárbara d’Oeste e Nova Odessa, todas cidades pertencentes ao Estado de São Paulo.
3Não resido em nenhuma das cidades onde os Anjos da Alegria® atuam. Como posso participar?
Poxa! Ainda não atuamos fora dessas cidades. Infelizmente as nossas equipes ainda não expandiram o suficiente para que fosse possível atender mais hospitais de outras cidades. Mas não fique chateado(a), com certeza na cidade onde você mora existem outras ONG’s e voluntários que atuam ou possuem interesse em formar um grupo assim. Pesquise e faça o bem por aí!
4Preciso pagar para fazer parte da Associação Anjos da Alegria®?
A nossa associação não baseia nenhum de seus trabalhos aos fins lucrativos. O trabalho é voluntário, e o único investimento é a boa vontade e o compromisso de cada um.
5Como eu consigo falar com o responsável pela Associação Anjos da Alegria®?
Você pode enviar um e-mail para associacao@anjosdaalegria.org.br ou ainda, enviar uma mensagem privada através da nossa página no Facebook (www.facebook.com/anjosdaalegria), com certeza a informação será repassada à diretoria da associação.
6Como faço para ser voluntário(a) dos Anjos da Alegria®?
Para ser voluntário(a) da Associação Anjos da Alegria® se faz necessário uma inscrição.
Após a inscrição os candidatos ao voluntariado passam por um processo de estágio, onde, durante o período de 4 (quatro) sábados consecutivos, poderá determinar se de fato deseja continuar a executar o trabalho junto à associação.
 
 

Inscrições

1Quando será a próxima inscrição?
As inscrições para adentrar como voluntário(a) na Associação Anjos da Alegria® normalmente são feitas no mês de janeiro de cada ano, contudo existem exceções.
Para maior clareza, acompanhe nossa página no Facebook (www.facebook.com/anjosdaalegria) ou a aba “Agenda” aqui do nosso website. Sempre informamos através desses meios de comunicação, quando ocorrerá uma próxima inscrição.
2Com qual idade é permitido participar?
Para ser voluntário(a) da Associação Anjos da Alegria® se faz necessário ter 16 anos completos ou mais. Voluntários de 16 a 18 anos de idade devem estar acompanhados dos pais no momento da inscrição.
3Posso escolher o hospital que quero atuar?
Sim! No momento da inscrição, você pode optar por atuar no hospital que mais seja perto da sua residência, ou que você tenha maior afinidade.
4Preciso ter alguma experiência para fazer parte da Associação Anjos da Alegria®?
Para adentrar no trabalho voluntário da Associação Anjos da Alegria® não se faz necessário nenhuma experiência prévia, em nenhuma área profissional ou pessoal.
5Não posso/pude comparecer no dia da inscrição, tem outra forma de eu participar?
Para se tornar um membro dos Anjos da Alegria® se faz necessária a inscrição. E caso você tenha perdido a data da inscrição, deverá acompanhar nossa página no Facebook (www.facebook.com/anjosdaalegria) e aqui no nosso website a data da próxima inscrição
6No dia da inscrição, o que preciso levar?
Você deve levar uma caneta azul/preta, uma foto 3x4 recente e muita animação.
Ah! Esporadicamente nós solicitamos um quilo de alimento não perecível ou um litro de leite, para que estes itens sejam entregues à alguma instituição filantrópica.]
 
 

Atuação em hospitais

1Em quais dias e horários ocorrem as visitas?
As visitas hospitalares ocorrem todos os sábados, a partir das 13h30 e, obrigatoriamente devem cessar até às 17h00.
As visitas a asilos ou outras entidades são marcadas e informadas com antecedência. Normalmente ocorrem aos domingos, no mesmo horário das visitas aos hospitais.
2Caso eu precise me ausentar, o que acontece? Como devo proceder?
Para se manter ativo(a) como voluntário(a) da Associação Anjos da Alegria® é preciso ter no mínimo 50% de presença. A contabilidade das presenças de cada voluntário(a) é feita semanalmente, e as parciais são apresentadas aos voluntários por bimestre.
Quando necessitar se ausentar da visita hospitalar, é imprescindível que os representantes do seu hospital sejam notificados e tenham ciência do real motivo da sua falta.
3Vou na visita, mas preciso sair mais cedo. Posso?
Ao adentrar no grupo de voluntários dos Anjos da Alegria é importante você ter consciência de que, para se manter ativo deve-se seguir algumas regras, e uma delas é o compromisso com o horário e com seus colegas de voluntariado. Uma vez que você assume o compromisso de estar no hospital entre às 13h30 e às 17h00, seus colegas e as pessoas que estão aguardando sua visita acreditam que você estará de fato para prestar assistência.
Para evitar quaisquer tipos de problemas, marque seus compromissos extra, antes ou depois desse horário.
4Quais roupas, sapatos e acessórios posso utilizar nas visitas?
Você pode e deve usar roupas que fazem alusão aos profissionais da saúde, que cubram o corpo, e sempre limpas. O único item de vestimenta obrigatório para os Anjos da Alegria® é o jaleco. Quanto aos sapatos, sempre fechados. Nada de sandálias ou papetes! Já os acessórios serão agregados conforme você constrói seu personagem. Pergunte para os voluntários veteranos, eles com certeza saberão te direcionar da melhor forma nestes quesitos.
5Não sei contar piada, e agora?
Isso não é um problema. Ser um Anjo da Alegria não exige de você tanto humorismo assim, nem experiências como palhaço, como dito anteriormente. Se você já tem boa vontade e disposição para ouvir, trocar experiências e crescer juntamente com o grupo, já basta. Com certeza você terá alguma característica pessoal que sobressairá perante os demais voluntários, e isso faz de você uma pessoa única. As outras pessoas vão querer adquirir e se espelhar nessas suas características para ser um(a) melhor voluntário(a).
6Não estou me sentindo bem. Devo ir ao hospital?
Se você não está se sentindo bem, você deve ir ao hospital sim, mas para resolver a questão da sua saúde. É importante ter em mente que, se você não está 100% para o trabalho voluntário, você não desempenhará sua função da melhor forma.
Depois que você estiver bem, retornar às visitas hospitalares semanais te ajudarão ainda mais a ficar bem.
7Tenho medo de sangue, e agora?
Quem nunca adquiriu um cortinho no dedo e viu o sangue escorrer, não é? Mas fique tranquilo(a), você que possui um fobia por sangue não o verá com frequência, e se eventualmente ele aparecer na sua frente, basta ter calma e questionar aos demais voluntários como proceder diante de uma situação dessa.
8Existe a possibilidade de eu adquirir alguma doença?
Não podemos descartar nenhuma possibilidade, pois dentro do hospital existem muitas bactérias. Mas não se preocupe! Se você executa os procedimentos de higiene corretos, de visita para visita, utiliza as vestimentas e sapatos adequados para cobrir o corpo e segue as regras de isolamento do hospital, essa possibilidade é quase nula. Lembrando que, surtos específicos de doenças nos hospitais são sempre informados, e caso esse evento ofereça maiores riscos a saúde dos voluntários, as visitas são suspensas com prévio aviso.
 
 
 
 

Mitos e verdades

1É verdade que eu verei muito sangue e pessoas em estado gravíssimo de saúde?
Normalmente, pessoas com casos de saúde mais graves estão nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI)’s ou mesmo nas Centrais de Tratamento Intensivo (CTI)’s, e o trabalho voluntário dos Anjos da Alegria® não é executado nestes ambientes, por tanto, você não terá acesso a esse tipo de visita.
2É verdade que vou ver gente vegetando?
Pessoas que estão sob o monitoramento de aparelhos e que não podem se comunicar conosco sempre estão acompanhadas por um(a) acompanhante. Nestes casos, quando não houver a possibilidade de comunicação com o(a) paciente internado(a), interaja com o(a) acompanhante, ele(a) com certeza dará boas risadas! Ah! Não se esqueça da empatia e da percepção, mesmo que o(a) paciente não possa se comunicar, mostre que você percebeu que ele(a) está ali e que você se preocupa com ele(a).
3É verdade que posso presenciar alguma morte?
Infelizmente as pessoas que estão internadas no hospital não estão ali porque querem, e nem porque estão bem, você deve concordar. A possibilidade de presenciar algum caso de óbito existe, porém são raríssimas as vezes que isso aconteceu com algum(a) voluntário(a) da Associação Anjos da Alegria®. Se algo assim acontecer, devemos tirar nossos narizes e prestar condolências às pessoas que estejam acompanhando o(a) paciente. Nestes casos, não existe nada de engraçado que possa ser feito ou dito.